Servidores recebem capacitação para atualização da nova Instrução Normativa Nº5

Foram 3 dias de curso para quem trabalha com compras, licitação de contrato,pregoeiros, assessoria jurídica e afins.

TRE-PA CURSO IN COMPANY

 

Em parceria com outros órgãos públicos, o TRE do Pará realizou um curso de capacitação para atualização da nova Instrução Normativa Nº5 de 2017 que começou a valer no mês de setembro.

“Como a planilha de formação de preços de acordo com a nova IN nº5/17 e como julgar a licitação para a contratação dos serviços contínuos”, essa foi a proposta do curso, voltado para quem trabalha com compras, pregoeiros, licitação de contrato, assessoria jurídica e afins.

Os servidores puderam discutir as polêmicas e novidades relacionadas com a elaboração da planilha de custos, entender o passo a passo da elaboração e memorial de cálculo de acordo com a nova estrutura da planilha. Além disso, revisaram os aspectos trabalhistas, previdenciários e tributários entre outros assuntos relacionados ao tema.

“Havia uma demanda pela capacitação já que a Instrução Normativa Nº5 entrou em vigor e todas as licitações vão exigir essas novas normas. Como traz muitas modificações achamos necessário atualizar os servidores”, destacou Rodrigo Valdez, Chefe da Seção de Treinamento e Desenvolvimento do TRE do Pará.

Para Cristiano Moreno, do Banco da Amazônia da área de Segurança Corporativa, o curso “é uma oportunidade de especialização e atualização dos assuntos. A gente também enriquece o nosso conhecimento e consegue melhorar o nosso desempenho no trabalho”, ressaltou.

Curso In Company

Foram três dias intensos de capacitação. E a grande vantagem de realizar o curso In Company é a possibilidade de interagir melhor com o instrutor, já que o tema é específico para um determinado grupo de profissionais.

Neste curso, 55 pessoas participaram do processo de capacitação. Dessas, 23 são servidoresdo TRE do Pará e 32 vagas foram preenchidas por profissionais da Receita Federal, Tribunal de Justiça, Banco da Amazônia, Tribunal e Procuradoria Regional do Trabalho, e ainda da Universidade Federal Rural da Amazônia -UFRA.

Leandro dos Santos, que trabalha na Gestão de Contratos do Basa disse que gostou muito da metodologia. “Foi muito boa atroca de experiência com outros órgão. E nessa modalidade In Companya gente consegue agregar a teoria com a prática isso é muito importante”, completou.

Outra vantagem importante é a redução de custos. A realização de eventos de capacitação em parceria com outros órgãos públicos e entidades ajuda na divisão de orçamento, consequentemente, gera economia para todos.

“Este curso é um dos mais caros do mercado e fazendo uma capacitação In Company, a gente baixou em quase 50% o orçamento para cada órgão participante”, destacou Rodrigo Valdez

 

 

Últimas notícias postadas

Recentes