Museu Virtual

CIDADANIA: UMA PERSPECTIVA ATRAVÉS DA HISTÓRIA

A exposição organiza-se em módulos de acordo com a subdivisão do tema Cidadania, no período de 508 anos a. C. aos dias atuais, pelo historiador Alan Coelho.

Na sua concepção foi levado em consideração: a amplitude histórica do tema; as características físicas do espaço reservado à exposição no Centro Cultural da Justiça Eleitoral do Pará, implantado em uma edificação da primeira metade do século XX; o pouco tempo disponível à seleção de acervo referente ao Pará e a história do TRE - PA.

O processo de criação da exposição foi acompanhado pela equipe de técnicos do TRE - PA envolvida na implantação do Centro Cultural da Justiça Eleitoral, por meio de reuniões semanais onde as propostas desenvolvidas pelo museólogo e o historiador eram apresentadas e analisadas quanto ao seu conteúdo e forma.

O circuito expositivo é cronológico, ou seja, o visitante inicia a exposição pelo século VI a.C e termina no século XXI.   

A exposição é constituída de:

  • Painéis  contendo textos, ilustrados com fotografias e desenhos, distribuídos ao longo  do circuito expositivo. Na criação dos textos foi evitado o emprego de termos rebuscados. A busca por uma linguagem simples foi uma constante, visando a atingir ao público em geral que se constitui o foco do TRE - PA. Por este motivo, optou-se em alguns textos pela escolha de personagens de época para contar, na primeira pessoa do singular, a “história” da exposição. Assim sendo, os textos elaborados pelo historiador são apresentados como se fossem narrados por personagens da história mundial, nacional e paraense. Os termos mais rebuscados do texto são explicados em cartelas dispostas próximas ao texto, estimulando a curiosidade dos visitantes. Todas as fotografias que integram a exposição são de domínio público ou tiveram seu uso autorizado por seus autores, com os respectivos créditos assinalados;
  • Acervos do TRE-PA e de outros proprietários públicos e particulares tais como documentos oficiais, maquetes, medalhas, títulos de eleitor, urnas, mobiliário, recortes de jornal de época e outros. Como o Centro Cultural da Justiça Eleitoral do Pará não é um museu, não há a obrigatoriedade de apresentação de acervo original, sendo a maioria das peças expostas réplicas de originais, utilizadas na ilustração do tema em foco na exposição. Nos museus, por trás de suas exposições de acervos originais há um contingente de profissionais encarregados da pesquisa, conservação e comunicação museológicas, ainda não disponíveis nos quadros do TRE – PA;
  • Pequenos cenários introduzidos no circuito expositivo para contextualizar épocas importantes da evolução da cidadania e história do TRE – PA. Devido a restrições de custo da exposição, optou-se pelo destaque das figuras humanas em duas dimensões em vez de utilizar manequins tridimensionais;
  • Objetos complementares criados para estimular a interação dos visitantes com a exposição “hand’s on” tais como lupas, cones, jogos, cartelas e outros;
  • Equipamentos de áudio e vídeo tais como televisor LCD, data-show, aparelhos de DVD, alto-falantes, computadores e outros, que se encontram relacionados adiante.