Semana do Servidor no TRE garante espaço para roda de conversa, aprendizado e muitos risos

Educação financeira, assédio e problemas relacionados à modernidade foram alguns dos temas debatidos durante a programação.

Educação financeira, assédio e problemas relacionados à modernidade foram alguns dos temas debatidos durante a programação.

Com o intuito de valorizar e debater sobre temáticas pouco abordadas, o Tribunal Regional Eleitoral do Pará, por meio da Secretaria de Gestão de Pessoas (SGP), elaborou uma programação bem diversificada para celebrar a Semana do Servidor. A programação iniciou no dia 21 e culminou na segunda-feira, 28, com muita música, arte e animação.

Os servidores do TRE participaram das atividades promovidas no hall do plenário Antônio Koury, com trilha sonora escolhida pelos próprios servidores que soltaram a voz no Karaokê durante toda manhã do dia 28. Nos dias 29 e 30 a programação segue com oficina de arranjo de Natal sustentável, realizada no Centro Cultural.

“Programamos vários eventos durante toda a semana. Assim, procuramos diversificar a agenda com ações distintas, como palestras de variados assuntos, oficinas de meditação e o karaokê, momento que muitos demostram seus talentos, na tentativa de agradar os diversos perfis. E hoje estamos finalizando essa semana de eventos que foi pensada como forma de valorizar ainda mais os servidores”, falou o secretário da SGP, Rodrigo Valdez.

Já a abordagem sobre as relações no ambiente de trabalho foi realizada de forma bem lúdica pelo grupo teatral “Cênicos e Cínicos”. O trio de palhaços também ficou responsável por convocar os servidores, de sala em sala, para participar desse momento ímpar.  

A manhã encerrou com sorteio de prêmios entre os servidores, colaboradores e estagiários que participaram da festa. A programação segue durante as manhãs de 7 e 8 de novembro, o Núcleo Socioambiental promove oficina de arranjos natalinos sustentáveis para os servidores.

 

Roda de conversa – Investimento Financeiro

A primeira pauta debatida pelos servidores foi “Planejamento Financeiro e Investimento para Servidores”. O bate-papo foi conduzido pelo professor de mercado de capitais da UFPA – Márcio Baena Braga, que também é colunista na rádio CBN e Assessor-Chefe da Ação Brasil XP. “O objetivo é falar sobre investimento. Como juntar dinheiro da melhor forma e desmistificar alguns mitos relacionados a bolsa de valores e investimentos em gerais”, disse o palestrante.

O evento foi aberto pelo Diretor-Geral, Osmar Frota, que falou sobre essa iniciativa em abordar um tema que ainda é pouco falado. “Começar a semana do servidor falando sobre educação financeira é algo muito legal. A ideia é apresentar aos servidores algo novo. Atualmente, ainda é muito difícil encontrarmos escolas que iniciem a educação financeira para crianças, por exemplo. E acredito que isso deve ser ensinado desde muito cedo, já que precisamos falar de dinheiro no âmbito familiar”, disse o DG.


Assédio

Durante a semana também foi realizado o cinedebatecom exibição do longa metragem “Chega de Fiu Fiu”, com o intuito de combater o assédio sexual. Após a exibição do filme, iniciou o bate-papo conduzido pela juíza federal da 1ª Região, Alcioni Escobar Alvim, titular da 1ª Turma Recursal dos Estados do Pará e Amapá, e integrante do quadro de juízes formadores da Escola Nacional de Formação de Magistrados – Enfam.

 A conversa contou com a efetiva participação do público presente, formado de servidores, estagiários e contratados do tribunal, que tiveram a oportunidade de expor suas impressões sobre o filme e sobre o assédio sexual na vida cotidiana das mulheres.

“Essa temática está alinhada com os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) do milênio, e a uma proposta institucional. E, ao abraçar esse tema você também atinge individualidades, transformando a percepção de pessoas, o que gera uma cadeia de ações. Não podemos normalizar situações, precisamos tratar sobre as questões que afligem as mulheres da nossa sociedade”, destacou a magistrada.

 

Doenças da modernidade

No decorrer da semana também foi abordado o tema “Lidando com a Modernidade”, com intuito de refletir sobre o papel do ser humano diante das dificuldades impostas pela globalização e os avanços tecnológicos.

A palestra em tom de conversa informal foi ministrada por Aluísio Almeida, psicólogo, coach e especialista em terapia familiar. “A ideia principal é despertar em cada um dos servidores um olhar diferenciado, fazendo reflexões de possíveis causas para os problemas físicos que nos atingem e que, muitas vezes, são originários de conflitos internos”, ressaltou Aluísio.

O palestrante também enfatizou a importância de prestar mais atenção nos sinais que o corpo emite ao longo da vida, alertando também para o número cada vez mais crescente de crianças e jovens com doenças emocionais: síndrome do pânico, fobias, ansiedade, depressão.

“Hoje nós temos muitas doenças emocionais que estão atingindo um número exorbitante de pessoas de toda faixa etária. Isso é o resultado de uma sociedade adoecida. Logo, refletir sobre esses problemas nos traz as causas, o que garante uma intervenção positiva. Olhar para dentro de nós é a solução. Nos preocupamos muito em olhar para fora e pouco para dentro. Isso impacta de forma direta em nosso bem estar. ”

 

Prática de Yoga

Os servidores também tiveram a oportunidade de participar de uma aula de Yoga e Meditação, no Auditório Ivan Mello, com a instrutora Rosário Silva, que há 18 anos compartilha seus ensinamentos. De acordo com a professora, yoga e meditação podem auxiliar de forma positiva no cotidiano, devido aos seus benefícios como: evitar estresse, ansiedade, depressão, prevenção de várias doenças psicológicas e físicas.

 “A yoga é a forma tradicional de praticar exercícios físicos com a qual encontramos estabilidade geral do corpo, ou seja, interna – trabalhando a mente - e externa, com boas práticas que melhoram o funcionamento físico.  Já a meditação refere-se ao esforço de esvaziar a mente e ter uma conversa interna olhando para si, garantindo assim, o equilíbrio do corpo e da mente”, explica ainda a professora.

 

 

 

Últimas notícias postadas

Recentes