Comitiva de Goianésia do Pará reúne com presidente do TRE do Pará

Garantir o reforço durante o recadastramento biométrico foi uma das pautas da reunião.

Garantir o reforço durante o recadastramento biométrico foi uma das pautas da reunião.

 

Representantes do município de Goianésia do Pará estiveram reunidos com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE), desembargador Roberto Moura, na tarde desta terça-feira (17). Na pauta, a comitiva apresentou ao presidente uma proposta de reinstalação do posto eleitoral no município, e pediu um reforço no recadastramento eleitoral para eleitores que perderam o prazo.

A comitiva esteve representada pelo presidente da Câmara Municipal, Pastor Francisco David, pelos vereadores Antônio Calisto Bezerra e Wellington Urbano Cavalcante e por seus advogados. O município de Goianésia já passou pelo recadastramento eleitoral com biometria, no período de 15 de setembro a 21 de novembro. Entretanto, o presidente da Câmara Pastor David explicou ao presidente sobre as dificuldades locais e sobre eleitores que não conseguiram atualizar seu cadastro. Diante do exposto, o presidente informou que avaliará um novo atendimento itinerante para a primeira quinzena de dezembro.

 “É a terceira vez que venho ao gabinete do presidente do Tribunal, que sempre nos recebe com muito respeito e presteza. Desta vez o motivo de nossa visita foi pedir um reforço no atendimento de recadastramento dos eleitores para que possamos atender todos os cidadãos, já que falta apenas pouco mais que 20% da população. Também tratamos sobre a possibilidade de reativação do nosso posto de atendimento. Saímos mais uma vez satisfeitos com a sinalização positiva do presidente, e com a atenção que ele sempre dispende a nós”, explicou o representante da comitiva, Pastor David.

Eleitores- De acordo com atualização cadastral do Tribunal, o município  conta hoje com 20.888 eleitores. Destes, 79,21% (17.220) foram atendidos pela equipe do TRE, sendo que: 15.135 eleitores fizeram seu recadastramento; 658  foram alistados (novos títulos) e 1.427 tiveram seus títulos transferidos para o município.

Localizada a 385 quilômetros da capital, no sudeste do Pará. Com 42 anos de existência, Goianésia do Pará é  situada no sudeste paraense, às margens da rodovia PA – 150, onde mais tarde com a abertura da PA – 263, é atraído um fluxo migratório ainda maior para essa região em busca de trabalho. Assim, a localidade abrigou a população migrante de outras regiões do país que se direcionaram para essa região a partir da década de 50. Ainda hoje, o município é uma região de intenso fluxo migratório, principalmente por estar bem próximo a Hidrelétrica de Tucurui.

Atualização- Na próxima sexta (20) o Tribunal entrará na última etapa do recadastramento eleitoral com biometria. Previsto para finalizar no dia 22 de novembro, será o primeiro Tribunal de porte médio, entre os tribunais eleitorais, a concluir o recadastramento de 5,5 milhões de eleitores, em 144 municípios, com grandes desafios geográficos.

Além dos grandes centros, muitos municípios possuem comunidades afastadas da sua sede, posicionadas em zonas rurais de difícil acesso, zonas de garimpo e ribeirinhas, que demandam desafiadoras operações, envolvendo pessoas capacitadas e estrutura tecnológica e logística, para o cumprimento da importante missão de garantir ao cidadão o seu direito democrático de votar. Até o momento,  já são 128 municípios com biometria realizada, o que corresponde a 5.123.83 paraenses com seu título atualizado, biometria cadastrada e direito garantido.

 

 

 

 

Texto: Manu Viana

Foto: Faustino Castro

Últimas notícias postadas

Recentes