Eleitor pode usar o e-Título para checar suas informações junto à Justiça Eleitoral

O e-Título é um aplicativo que permite a obtenção digital do título de eleitor para dispositivos móveis. É válido como documento oficial e está disponível para download nas plataformas Android e iOS.

O e-Título é um aplicativo que permite a obtenção digital do título de eleitor para dispositivos...

Com as recomendações de isolamento social da Organização Mundial de Saúde (OMS), as facilidades proporcionadas pelas tecnologias ganharam nova importância nesse momento de pandemia. E, às vésperas do prazo do fechamento de cadastro, previsto para ocorrer no dia 6 de maio, o e-Título, título de eleitor digital da Justiça Eleitoral, oferece um serviço fundamental aos eleitores.

 

Podendo ser baixado em qualquer plataforma (Android e iOS), o aplicativo é gratuito e apresenta dados como: zona eleitoral, situação cadastral, além da certidão de quitação eleitoral e da certidão de crimes eleitorais, sem a necessidade de ir pessoalmente ao cartório eleitoral. Com o e-Título, o eleitor tem acesso ao seu histórico por meio da ‘Certidão de Quitação,’ que informa se o cidadão possui alguma pendência a ser sanada com a Justiça Eleitoral.

 

Além dos dados pessoais, o documento digital traz a foto do eleitor para identificá-lo na hora da votação, capturada no instante da biometria junto com suas impressões digitais. O documento também pode ser utilizado em substituição ao documento impresso.

 

Projeto- A iniciativa de criar o produto partiu do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) e foi adotada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Milhares de eleitores já o utilizam no Pará e o número só cresce, diante do atual cenário de atendimento digital. O TSE já trabalha na ampliação do alcance do aplicativo, com a criação de novos serviços a serem oferecidos por ele.

 

Acessibilidade –Se você ainda não baixou o seu, veja como é simples. Para acessar o documento digital, o eleitor deve baixar o aplicativo e-Título, disponível no Google Play  e na App Store. Para utilizá-lo, o eleitor deve inserir o número do seu título eleitoral, seu nome, o nome da mãe e do pai, e a data de nascimento. O e-Título será validado e liberado. Ao ser acessado pela primeira vez, o documento será gravado localmente no dispositivo móvel (celular ou tablet), e ficará disponível ao eleitor.

 

Caso você ainda não tenha feito a biometria, o seu e-Título ainda não terá a sua foto, apresentando somente os dados e informações. Tão logo faça a biometria, quando o atendimento nos Cartórios Eleitorais se regularizarem, seu aplicativo passará a exibir a sua fotografia registrada nos sistemas da Justiça Eleitoral.

 

Últimas notícias postadas

Recentes