Tribunal Regional Eleitoral do Pará realiza Sessão Plenária histórica

Membros da Corte Eleitoral elogiaram a iniciativa do Tribunal em realizar as Sessões Plenárias em formato virtual, que foi muito bem sucedida.

Membros da Corte Eleitoral elogiaram a iniciativa do Tribunal em realizar as Sessões Plenárias em formato virtual, que foi muito bem sucedida.

São em tempos de dificuldade que ocorrem as oportunidades de superação, e foi o que se mostrou nessa manhã do dia 24 de março, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará. Pela primeira vez, seus integrantes e o representante do Ministério Público realizaram uma Sessão Plenária totalmente virtual, devido às restrições de contato presencial em função do Coronavírus.

Sob a presidência do desembargador Roberto Moura, que participou da sessão a partir do seu gabinete no TRE, a Sessão foi realizada de forma inédita, com cada participante a acompanhando de sua casa ou escritório

A Sessão Virtual também foi transmitida simultaneamente pelo TRE em sua página no YouTube, e pode ser acompanhada por internautas que elogiaram a iniciativa da Justiça Eleitoral do Pará, como se manifestou o senhor Sávio Rodrigues durante o chat na transmissão da videoconferência: “O TRE do Pará está de parabéns por esta iniciativa. Muito boa a transmissão”, observou.

Participação – No contexto nacional e internacional que se vive hoje em função da transmissão do Coronavírus – COVID 19, o Secretário Judiciário, Renato Holanda, explica que a intenção do Tribunal é otimizar os serviços do TRE Pará. “Os processos entram em julgamento normalmente, os juízes participam de suas casas e gabinetes, e nós conseguimos dar vazão a estes julgamentos”, explica.

Ele chama atenção para os passos que os advogados que desejem participar das plenárias para sustentação oral devem seguir. “O prazo da publicação de pauta é 48 horas antes da Sessão Plenária, e estará publicada no DJE e nos canais comuns. E, para participar da sessão, ele tem que entrar no site do Tribunal e acessar no link “Pedidos de sustentação”, detalha.

O Secretário de Tecnologia do Tribunal Regional Eleitoral, Felipe Brito, pontua que este momento é histórico, mas infelizmente em um contexto de muita consternação da população.

Ele frisou a importância do uso da tecnologia para manter os trabalhos do TRE funcionando. “O TRE Pará inovou usando a tecnologia que veio mesmo para inovar e revolucionar, e hoje realizamos a primeira Sessão Plenária feita por meio de videoconferência, que foi feita de forma bastante tranquila, otimizada, com uma ferramenta muito simples, e ficamos mais felizes que a utilização não teve nenhuma falha do usuário, já que a ferramenta é bastante intuitiva”, finaliza.

Ao iniciar a Sessão, diversos membros do tribunal, como a vice-presidente e corregedora, desembargadora Luzia Nadja, e os juízes Álvaro José Norat, Arthur Pinheiro Chaves e Edmar Silva Pereira, fizeram uso da palavra para parabenizar a iniciativa da Corte, juízes e servidores da Justiça Eleitoral.

O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Pará, desembargador Roberto Moura, afirma que a iniciativa do TRE Pará foi uma forma de não parar os trabalhos neste momento de tempos difíceis. “Esta é uma forma de evitar reuniões, aglomerados de pessoas, e cada um pode participar via remota da sua residência, que não haverá problema para a realização da Sessão. Nós estabelecemos que os processos serão atendidos todos de maneira on line”, complementa.

Na próxima quinta-feira, 26 de março, a partir de 8h30, os membros da Corte Eleitoral se reúnem virtualmente para realizar mais uma Sessão Plenária da Justiça Eleitoral do Pará.

Últimas notícias postadas

Recentes