Equipamentos de transmissão satelital Bgan garantem a transmissão mais rápida da Eleição

O Pará recebeu ao todo 437 Bgans para as eleições municipais, a maior quantidade do Brasil.

O Pará recebeu ao todo 437 Bgans para as eleições municipais, a maior quantidade do Brasil.

Uma operação inédita foi realizada e coordenada pelo TSE, em parceria com o TRE Pará e os demais tribunais da região Norte. Tudo para garantir o transporte rápido e seguro do equipamento Bgan, que garante a transmissão via satélite do resultado das Eleições Municipais 2020.

A carga chegou no início de novembro, trazida em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), que veio exclusivamente para garantir a logística da Secretaria de Tecnologia da Informação e distribuir os equipamentos nos demais estados da Região Norte.

O Pará recebeu 437 Bgan, Amazonas 380 e Roraima 55. “O Bgan é um equipamento de transmissão satelital com objetivo de garantir a totalização dos votos da eleição de maneira rápida. O Estado do Pará é um dos estados com lugares mais longínquos, que tem áreas rurais e que precisam do Bgan para a transmissão de dados da eleição” explica Felipe Brito, Secretário de Tecnologia da Informação do TRE Pará.

Brito conta que foi realizada uma ação conjunta, coordenada pelo Tribunal Superior Eleitoral, onde foi possível antecipar a vinda desses equipamentos para o Pará. “Em razão da pandemia, houve uma série de atrasos, mas conseguimos ir até Barueri e testar os equipamentos para que fossem destinados ao Pará. Uma parceria TSE, Receita Federal e os regionais", destacou Secretário.

Felipe Brito afirma que o estado do Pará, pelas suas características de grande eleitorado, “é o segundo maior do país, e tem áreas de reserva indígena e também muitas áreas de reserva ambiental. Em função das localidades, distâncias, o Pará é o estado com maior número de pontos de transmissão satelital no país”, pontua.

 

No total serão 430 pontos de transmissão do tipo Bgan. “Os técnicos utilizam um notebook para fazer a operação e serve para  praticamente três mil locais de votação dispersos pelo Estado”.

 

Esses 432 Bgans serão distribuídos para 71 Zonas Eleitorais, que irão atender 78 cidades paraenses. “Sete servidores da Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE Pará foram para São Paulo e atuaram testando esses equipamentos, em conjunto com a empresa, e dando o aceite técnico na condição de fiscalização do contrato. Esses equipamentos, que a partir de agora passam a ser separados, embalados, acrescidos no notebook e remetidos ao interior, a partir da segunda-feira, 02 de novembro, utilizando uma logística extremamente complexa, multimodal, que é atender todas as zonas eleitorais do Estado”, finaliza Brito.

 

Já foi realizado o último teste de transmissão reunindo todos os cartórios e Zonas Eleitorais dos 144 municípios paraenses, e todos já estão prontos para realizar a histórica Eleição 2020.

Últimas notícias postadas

Recentes