Diogo Condurú é empossado como juiz membro titular do TRE Pará

O mais jovem juiz do Colegiado da Corte Eleitoral tomou posse na sessão plenária desta terça-feira, 23, em cerimônia virtual.

O mais jovem juiz do Colegiado da Corte Eleitoral tomou posse na sessão plenária desta terça-fei...

A sessão plenária da Corte Eleitoral desta terça-feira, 23 de março, presidida pela presidente do TRE, desembargadora Luzia Nadja Guimarães Nascimento, foi marcada pela cerimônia virtual de posse do juiz membro titular Diogo Condurú.

Em sua saudação inicial, a desembargadora destacou a presença dos familiares do juiz – inclusive as avós paterna e materna - o representante da OAB Pará, o advogado Eduardo Imbiriba, e todos os membros da Corte Eleitoral.

A presidente ressaltou que o Diogo Condurú é o mais jovem juiz da Corte Eleitoral e teceu elogios ao seu desempenho no Colegiado, como substituto. “Com a presença de todos aqui, vimos que o doutor Diogo Condurú carrega valores afetivos, que as avós lhe ensinaram, e vem se destacando nesta Corte durante as sessões plenárias”.

O juiz federal Sérgio Volney fez um breve histórico da vida profissional do juiz Diogo Condurú, destacando suas atividades como jurista e professor universitário de Direito.

Em seu discurso de posse como juiz membro titular, Diogo Condurú ressaltou que hoje era para ser um dia festivo, porém lembrou as vítimas da Covid 19 e o alto número de mortes registrado no país. “Embora seja um dia muito feliz para mim, não temos muito motivos para comemorar em função do cenário que vivemos, em que chegamos a quase 400 mil mortes em nosso país”, afirmou.

Ainda durante o seu discurso, Condurú fez referência a todos os membros da Corte, agradecendo aos ensinamentos e à confiança dos desembargadores e juízes na missão importante para a democracia que é o julgamento de processos.

 

Biênio – O advogado Diogo Seixas Condurú foi empossado como juiz efetivo da Corte Eleitoral para o biênio 2021-2023 em substituição ao juiz Alexandre Buchacra.

Durante a cerimônia, a presidente do TRE Pará, Luzia Nadja fez menção ao jurista Zeno Veloso, que faleceu no último dia 18, vítima da Covid 19.

O vice-presidente e corregedor do TRE Pará, desembargador Leonam Cruz, lembrou um pouco da personalidade do jurista e professor Zeno Veloso, “com quem tive o prazer de conviver, um advogado que nos ensinava muito e que fará muita falta neste plano”, finalizou.

Últimas notícias postadas

Recentes