Centro Cultural da Justiça Eleitoral traz exposição em homenagem ao mês da Consciência Negra

A mostra “Diário-Tempo” poderá ser visitada pelo público de segunda a sexta-feira, das 9h às 13h, até o dia 28 de janeiro de 2022.

Centro Cultural da Justiça Eleitoral traz exposição em homenagem ao mês da Consciência Negra.

Para celebrar o mês da Consciência Negra, o Centro Cultural da Justiça Eleitoral do Pará (CCJE) abre no dia 25, às 18h, a exposição “Diário-Tempo”. A mostra coletiva traz trabalhos de artistas dos estados do Pará e da Bahia, com curadoria de Glauce Santos e Jean Ribeiro. O trabalho foi selecionada pelo Edital 2020 do CCJE, mas somente agora, por conta das restrições impostas pela pandemia, pôde ser aberta ao público.

A visitação poderá ser feita de segunda a sexta, das 9h às 13h, até o dia 28 de janeiro de 2022. O CCJE fica localizado na rua João Diogo, ao lado do edifício sede do TRE do Pará. 

As obras expostas utilizam as técnicas do desenho, pintura, arte-digital, gravura, escultura e bordado, de 13 artistas: Alexandre Alexandrino (BA), Elton Galdino (PA), Gyselle Kolwalsk (PA), Ione Reis (BA) Itatiane Moraes (PA), Kátia Lima (PA), Lívia Prestes (PA), Maurileno Sanches (PA), Mário Noronha (PA), Mileide Barros (PA), Otávio Castro (PA), Rosângela Colares (PA) e Verônica Limma (PA).

“São artistas que de diferentes maneiras atravessaram esse período de pandemia e chegaram até novembro de 2021, vivenciando seus processos artísticos, a cada dia, hora, como em um diário-tempo, que vai sendo preenchido com anotações e esboços de obras de arte”, explicam os curadores, Glauce Santos e Jean Ribeiro, no texto de apresentação da exposição.

De acordo com eles, ao produzirem seus trabalhos, esses artistas buscaram formas de trabalhar seus projetos, de se reinventar através da arte, vivendo o tempo remoto, online, de plataformas digitais e de exposições virtuais. “Esse foi um tempo necessário na travessia lenta, onde a paciência, o silêncio e o resguardo têm sua importância. Que a arte nos traga sempre força, alento, a oportunidade de viver novas experiências e a esperança em dias melhores”, escreveram.

Alexandra Cavalcanti / Ascom TRE do Pará.

Últimas notícias postadas

Recentes