TRE emite votos de congratulações e nota de pesar

A proposta feita pelo desembargador Leonam Gondim da Cruz Jr, o Plenário do TRE do Pará foi acatada pela unanimidade dos integrantes da Corte.

A proposta feita pelo desembargador Leonam Gondim da Cruz Jr, o Plenário do TRE do Pará foi acatada pela unanimidade dos integrantes da Corte.


No decorrer da sessão plenária realizada na manhã de hoje (13), os integrantes do Tribunal Regional Eleitoral do Pará acataram, à unanimidade, a proposta do desembargador Leonam Gondim da Cruz Jr, membro substituto da Corte Eleitoral, para emissão de votos de congratulações ao governador do Pará, Helder Barbalho, pela decisão de criar um novo local de lazer à população de Belém, na área de funcionamento do antigo Aero Clube.

Em fase de realização de consulta pública para recebimento de propostas de ocupação do espaço, o projeto é uma proposta antiga do decano do Tribunal de Contas do Estado do Pará, Conselheiro Nelson Chaves, e beneficiará uma importante e crescente parcela da população da capital paraense.

Também por proposta do desembargador, o Plenário do TRE enviará telegrama de condolências à família do músico paraense Alcyr Guimarães, falecido na semana passada, em hospital no qual estava internado, em Belém. Artista de destaque na história da música popular paraense, Alcyr colecionada vários sucessos e deixa uma importante trajetória na arte do Pará.

Na oportunidade, o desembargador leu um poema de sua autoria, feito em homenagem ao artista:

AMIGO – IRMÃO – POETA

E vieram te buscar,
Meu amigo – irmão,

Meu irmão – poeta!

Aceitar é o que nos resta...

Difícil suportar o vazio no coração,

Mas, vontade de Deus,
Não se contesta.

 

A dor, por imensa, procura

Na fé, o bálsamo para resistir,
Posto que não lhe sobra a cura

E ninguém te poderá substituir...

Pensando bem,

Aqui não era o teu lugar...
Eras um sábio, um escolhido
Dos Deuses, para brilhar!
Ofuscavas sem querer ofuscar...
Isso não pode ser esquecido!

 

Eras um ser só de bondade,

Ainda assim tentaram te atingir...
Como é grande a maldade

Dos que só sabem denegrir...

Tua alma de poeta estará sempre aqui!
Ainda não é hora, mas meu verso em flor,

Nestes longes, vai te seguir
Pelas estradas da paz, luz e amor!

Canta Alcyr! Canta amigo – irmão!
Solta teu trino, alegra o lado daí!
Se a vida é a arte dos encontros,

Ficaremos aqui a sorrir,
Lembrando eternamente de ti...
Até à hora do reencontro!

 

Últimas notícias postadas

Recentes