Mudança de local de votação para o 2º turno

Atenção eleitores da 76ª Zona Eleitoral. O TRE fez algumas alterações para melhorar o atendimento.

Atenção eleitor: Se tiver dúvida sobre seu local de votação pode consultar no site do TRE-PE

 

Diante de alguns fatos que ocorreram no primeiro turno das Eleições 2018, o Tribunal Regional Eleitoral do Pará fez um plano de ação para minimizar os transtornos para o segundo turno.

Dentre as alterações, a mais relevante foi a troca de local de votação dos eleitores que eram da Escola Estadual Orlando Bitar, e votaram na Escola de Governança Pública (antigo CIG) no 1º turno. Para este próximo domingo, todos foram transferidos para a Escola Estadual Pinto Marques, localizada na Av. Gov. José Malcher, 861, Nazaré.

A Justiça Eleitoral espera que este segundo turno seja mais tranquilo o processo de votação, uma vez que o eleitor só terá que fazer a opção para dois cargos: governador e presidente. Serão apenas 4 dígitos e mais a tecla confirma, isso diminui a expectativa de tempo de votação para 40 segundos para votação sem biometria e 57 segundos para votação com identificação biométrica.

Todos os cartórios eleitorais do estado repassaram orientações referentes ao atendimento para que seja mais ágil e evite maiores transtornos.

É importante ressaltar que o eleitor deve levar um documento oficial com foto para realizar a votação. Além disso, para facilitar, é indicado que leve um papel com os números dos candidatos anotados. Para os eleitores que votarão obrigatoriamente através da biometria, existe a opção de baixar o E-Título e usar como identificação oficial.

Se o eleitor ainda tiver alguma dúvida é só ligar para o disque eleitor no 0800 091 9101.

 

 

 

 

Últimas notícias postadas

Recentes

TRE do Pará recebe o Ouro no Prêmio CNJ de Qualidade

O TRE do Pará foi premiado com o Ouro na noite de entrega do Prêmio CNJ de Qualidade, durante o XIII Encontro Nacional do Poder Judiciário, cuja abertura ocorreu nesta segunda-feira (25/11). Mais de 50 tribunais foram homenageados com o Prêmio CNJ de Qualidade, que foi entregue às Cortes que se destacaram no segmento de Justiça em que estão inseridas.