TRE garante qualidade no trabalho remoto para servidores e atendimento aos jurisdicionados

Sessões plenárias e serviços ao cidadão são realizados de forma virtual

Sessões plenárias e serviços ao cidadão são realizados de forma virtual

Tecnologia e informação seguras são requisitos necessários para a automação do serviço público em época de pandemia da Covid 19. Vivemos na quarta revolução industrial, a era da transformação digital. Pensando nisso, a Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE Pará garante acesso dos jurisdicionados, servidores e do cidadão a todos os serviços da Justiça Eleitoral do Pará.

O Secretário de Tecnologia da Informação do TRE, Alessandro Cruz, garante que toda a rede do Regional é segura. “O TRE tem adotado inovações tecnológicos com intuito de garantir a segurança dos magistrados, servidores, colaboradores e dos nossos terceirizados, nesse momento de pandemia que o mundo está passando. Nesse sentido, visando sempre a manutenção e a qualidade dos serviços da Justiça Eleitoral, estamos viabilizando alternativas para que os serviços não sejam interrompidos”, assegura.

Segundo o Secretário, uma das ferramentas disponíveis ao eleitor é o E-título, por meio do qual é possível consultar a situação eleitoral, fazer uma petição de justificativa eleitoral e ainda verificar se está com débito em alguma eleição. O cidadão pode contar também com os atendimentos online, disponibilizados na página do Tribunal, por meio da ferramenta Título Net, que possibilita a resolução de situações relacionadas ao título de eleitor, alistamento, transferência de domicílio e até mesmo revisão de dados.

Na página oficial do TRE Pará, pelo www.tre-pa.jus.br, o cidadão pode acessar o sistema ‘Contatos’ que oferece o serviço de comunicação direta com uma unidade administrativa ou até uma Zona Eleitoral. Nesse caso, o cidadão deve formalizar um requerimento e, caso ele tenha interesse, pode fazer uma reunião virtual ou videochamada.

Serviço interno - Para o servidor do TRE, foram disponibilizados o Portal de Acesso ao Servidor que reúne várias funcionalidades e sistemas administrativos e judiciais. “No aspecto jurisdicional, ainda no âmbito desse movimento de tecnologia e transformação digital, temos ferramentas que realizam audiências virtuais e caso necessário, com possibilidade de gravação tanto no prédio sede com nas Zonas Eleitorais. As sessões plenárias com a Corte Eleitoral são transmitidas virtualmente, com a possibilidade de participação de todas as partes envolvidas no processo”, acrescenta Cruz.

Em um período de três dias (desde a segunda-feira, 8, até a quarta-feira, 10), a STI - Secretaria de Tecnologia da Informação atendeu mais de 200 chamados relacionados à preparação e manutenção de equipamentos que são utilizados pelos servidores, colaboradores e estagiários do Tribunal, durante o regime de trabalho remoto. “Garantimos a concessão de acesso via rede segura, buscando assim oferecer meios mínimos de trabalho, resguardando a saúde de todos em um momento tão difícil das nossas vidas”, finaliza o Secretário.

Últimas notícias postadas

Recentes